Blog

do Marcos Wunderlich

Promoções, Treinamentos, Realocação e Desligamentos.

27 de novembro de 2017

Decisões relacionadas a estes assuntos, ao mesmo tempo que de forma geral demonstram o estado da saúde organizacional da empresa, também afetam significativamente os resultados, podendo conduzi-la tanto a um sucesso ainda maior quanto a frustrações e em alguns casos até, à decadência.

Promover ou treinar um colaborador que não esteja preparado naquele momento, pode tanto decretar seu sepultamento profissional como também influenciar negativamente outros que talvez estejam mais preparados e principalmente motivados a receberem-na.

E, realocar ou desligar colaborador que esteja vivendo os valores da empresa e comprometido com o seu negócio no dia-a-dia, além da própria perda irreparável deste, pode ocasionar ainda mais marasmo e falta de comprometimento em eventuais beneficiados.

É importante avaliar aspectos motivacionais, pessoais e relacionais antes de expor a organização e o colaborador a situações talvez irreparáveis a ambos e a muitos outros que serão envolvidos.

Há muito se sabe que FORMAÇÃO é diferente de COMPETÊNCIA, e que ambos são totalmente diferentes de RESULTADOS.

E, destes 3 acima, de qual sua empresa/negócio mais precisa ?

Através do coaching, mesclando atividades em grupos com individualizadas, testes e dinâmicas, conseguimos além de mapear os estados motivacionais, pessoais e relacionais de sua equipe, atuar de forma a despertá-los às necessidades da empresa, ao que a empresa espera de cada um e a começar a criar uma nova realidade individual e grupal.

Cada ser humano, possui dentro de si, um universo emocional e intelectual que ajudam a compor seu universo reacional e comportamental.  A composição destes universos, ocorre em nível inconsciente, porém sensoreada pelos níveis conscientes de percepção humana (sentidos).

Desta forma, valores individuais inconscientes quando não atendidos, por quaisquer motivos, geram comportamentos reacionais evidentes, de relativa fácil leitura por um observador competente.

E em uma organização estes comportamentos se traduzem por: baixos níveis de resultados, dificuldades de conclusão de tarefas, dificuldades de relacionamentos com pares, superiores e subordinados, excessivas justificativas a não cumprimento de metas, fofoquinhas, necessidades de exposição constantes e muitos outros comportamentos.

aperto de mãos: sinal de bons resultados

O que mantém uma empresa competitiva, viva e saudável ao longo dos anos são seus resultados, porém com o advento da globalização e das facilidades tecnológicas diversas, há a necessidade de que ações sejam constantemente geradas hoje, para assegurar menores riscos para o amanhã.

E isto não será possível e não trará resultados com uma equipe dispersa, na qual cada um esteja muito mais preocupado consigo mesmo, com seu status, com a manutenção do seu emprego ou renda, com seus pseudos-feudos, etc.

Então, retornando ao tema inicial: promover, treinar, realocar ou desligar colaboradores errados, pode causar um grande desastre a esta organização.

Há que se conscientizar de que tudo mudou, tudo muda constantemente: recursos tecnológicos, técnicas de produção, matérias-primas, especificações de produtos, etc e principalmente, o consumidor muda.

Porém este mesmo consumidor, quando entra em seu ambiente de trabalho (ou seja, na empresa que não é dele, mas da qual ele depende para o atendimento de suas necessidades básicas …), tende a se comportar como contrário à mudança …

Tende a se agarrar a árvores já existentes, em vez de ajudar a lançar novas sementes …

Ou seja, tudo muda com grande facilidade e rapidez, porém o ser humano, responsável por processos que levam ao sucesso da organização, este é muito mais lento e resistente às mudanças.

Através do coaching, conseguimos identificar aspectos motivacionais e trata-los tanto a nível individual (proporcionando uma atuação em alta performance continuada), porém principalmente a nível de equipe, trazendo à empresa resultados exponenciais e preparando-a continuamente para o futuro.

Se quiser saber mais, posso ajudá-lo neste assunto.

Autor: Eduardo J. Muller
Mentor e Coach ISOR®.
Email: eduardo_j_muller@yahoo.com.br  | Tel: 12. 9 8104-2525